5º CineSerra revela vencedores

30 Outubro 2017

Destacaram-se as obras ficcionais Kátharsis, de Caxias do Sul, Latíbulo, de Bento Gonçalves, e Espelho Hexagonal, de Santa Maria. Troféus foram entregues neste sábado 

Os vencedores da 5ª edição do CineSerra - Festival do Audiovisual da Serra Gaúcha foram anunciados neste sábado, 28 de outubro, em evento no Teatro do Sesc, em Caxias do Sul. A mostra competitiva contou com 45 concorrentes, 18 no concurso regional e 27 no estadual.

Entre os destaques da premiação regional estiveram as ficções Kátharsis, de Caxias do Sul, e Latíbulo, de Bento Gonçalves, premiados em três categorias. Já no âmbito estadual, a ficção de Santa Maria, Espelho Hexagonal, também recebeu três prêmios. A solenidade ainda contou com o Prêmio da Crítica da ACCIRS – Associação de Críticos de Cinema do RS, que concedeu certificados de melhor filme, documentário e videoclipe. O voto popular também elegeu o melhor filme, documentário e videoclipe entre os dois concursos, a partir da escolha do público.

Diretor artístico do CineSerra, Leandro Daros reforça o objetivo do evento, de conceder visibilidade e agregar valor à produção audiovisual independente regional e gaúcha. “Acreditamos no valor dessa produção, assim como os realizadores audiovisuais acreditam no trabalho realizado pelo festival. Assim estabelecemos uma sinergia saudável e construtiva de uma cena cada vez mais forte”, explica. Daros destaca o contínuo aparecimento de novos nomes somados a concorrentes assíduos nas diversas edições. A mostra competitiva une profissionais já estabelecidos e iniciantes na área. “Os ganhadores demonstram a força do setor audiovisual, sempre se reinventando”, parabeniza.

O Festival continua na próxima semana, nos dias 06 e 08 de novembro, com as sessões comentadas regional e estadual na FSG – Centro Universitário da Serra Gaúcha, às 19h30, no auditório do prédio G.

Confira a seguir a lista completa dos premiados.

CERTAME REGIONAL

- Ficção / Documentário:
Melhor filme Ficção: “Kátharsis” Dir: Mirela Kruel
Melhor direção: Mirela Kruel por “Kátharsis”
Melhor roteiro: Cristiana Livotto e Giovani Zaffari por “Latíbulo”
Melhor fotografia: Lucas Cunha por “Passos”
Melhor direção de arte: Paulo Macedo por “Cadê o Circo”
Melhor edição: Giovani Zaffari por “Latíbulo”
Melhor desenho de som: Giovani Zaffari por “Latíbulo”
Melhor trilha sonora: Cristian Beltrán, Paulo Macedo, Janio Nunes, SONA - O som das Ideias por “Cadê o Circo”
Melhor ator: Gabriel Ditelles por “Review”
Melhor atriz: Fernanda Petit por “Kátharsis”
Menção honrosa Ficção: “Noites de Distância” Dir: Vinícius Guerra

- Videoclipe musical: 
1º Lugar: “Ecocide” – Caórdica – Dir: Letícia Assis
2º Lugar: “Aço-Pessoa” – Ccoma – Dir: Roberto Scopel e Luciano Balen
3º Lugar: “Quando uma Canção te Escolhe” - Nenê Flores – Dir: Letícia Assis
Menção honrosa: “Litorânea” - Yangos – Dir: Natália Biazus

CERTAME ESTADUAL

- Ficção e Documentário:
Melhor filme Ficção: “Ruby” Dir: Luciano Scherer, Guilherme Soster, Jorge Loureiro
Melhor filme Documentário: “Sena, Os Fios em Prosa” Dir: Marcelo da Rosa Costa e Cacá Sena
Melhor direção: Pedro Bughay por “Exílio”
Melhor roteiro: Maurício Canterle e Thiago Brasil por “Espelho Hexagonal”
Melhor fotografia: Felipe Rosa por “Espelho Hexagonal”
Melhor direção de arte: Luciano Scherer, Guilherme Soster, Jorge Loureiro por “Ruby”
Melhor edição: Vitor Liesenfeld por “Mãe dos Monstros”
Melhor desenho de som: Leandro Schirmer por Espelho Hexagonal”
Melhor trilha sonora: Rafuagi por “Manifesto Porongos”
Melhor ator: João Carlos Castanha por “Inatingível”
Melhor atriz: Duda Meneghetti por “Escape”
Menção honrosa Ficção: “Invisível” Dir: Filipe Ferreira
Menção honrosa Documentário: “Cores de Bissau” Dir: Maurício Canterle

- Videoclipe musical: 
1º Lugar: “Clínica” - Polares – Dir: Deivis Horbach
2º Lugar: “Pineal” – Tagore – Dir: Fabrício Koltermann
3º Lugar: “Inner Riots” - Swansea – Dir: Rafael Duarte e Gabriel Faccini
Menção honrosa: “Could You Please” - Akeem – Dir: Anderson Pizarro Dorneles

- VOTO POPULAR 
- Melhor Filme de Ficção – “Saturno” – Dir: Leonardo da Rosa
- Melhor Documentário – “Pobre, Preto, Puto” – Dir: Diego Tafarel
- Melhor Videoclipe – “Could You Please” - Akeem – Dir: Anderson Pizarro Dorneles

- PRÊMIO DA CRÍTICA DA ACCIRS

- Melhor Documentário – “Manifesto Porongos” – Dir: Thiago Köche
- Melhor Ficção – “Sob Águas Claras e Inocentes” – Dir: Emiliano Cunha
- Melhor Videoclipe: “Ecocide” – Caórdica – Dir: Letícia Assis

Sobre o CineSerra

O CineSerra é uma mostra competitiva de cinema, que conta com financiamento da Lei de Incentivo à Cultura (LIC) de Caxias do Sul. O projeto, cuja primeira edição foi realizada em 2013, tem o objetivo de dar visibilidade e agregar valor à produção audiovisual da região.  Serão destacadas e premiadas produções em âmbito regional (Região Nordeste do RS) e estadual (RS), em concursos paralelos. O evento também oferece workshops sobre tópicos relativos à produção audiovisual com profissionais da área. À frente do projeto estão os produtores culturais associados Leandro Daros, diretor artístico, e Claudio Troian, diretor operacional. Os apoiadores desta edição foram Bitcom, Metadados Assessoria e Sistemas e Randon.

Saiba mais e confira a programação completa em festivalcineserra.com.br.

5º CineSerra revela vencedores

Comentários

Receba nossa newsletter

Cadastre-se e receba conteúdos relevantes
no seu e-mail.


É rápido, fácil e gratuito.