Cia. Matheus Brusa estreia espetáculo algUMs

24 Agosto 2017

Dividida em cinco atos, pesquisa de dança contemporânea e trilha sonora mostra proposta cênica inovadora dias 26 e 27 de agosto

                 A Cia. Matheus Brusa estreia dias 26 e 27 de agosto, na Sala de Teatro Valentim Lazzarotto, junto ao Centro de Cultura Ordovás, em Caxias do Sul, o espetáculo algUMs. Resultado de processos de pesquisas corporais,estéticas e dramatúrgicas, o espetáculo é interpretado por cinco bailarinos, cada um com uma temática e proposta cênica diferente. Os atos no entanto, se comunicam, seja por meio de células coreográficas e semióticas ou pela condução da iluminação e da trilha sonora.

                AlgUMs dá continuidade a um projeto de espetáculos solo da Cia., que neste ano completou 11 anos levando o nome de Caxias país afora no que se refere à dança contemporânea. O embrião está em UM, pesquisa de 2009 à época financiada pelo Fundo Municipal de Cultura (hoje Financiarte), e a variação está na inserção de outras coreografias/pesquisas e na interatividade entre elas. Outra novidade é que os cinco atos de algUMs _ A-dentidade Mestiça; Trance; 89,143; Sistema Colateral e Osteócitos _ ocorrem em uma configuração cênica diferente da de um palco italiano tradicional (caixa cênica clássica). Os bailarinos dividem-se em cinco pequenos palcos, dispostos em semicírculo, além da cabine de som e luz, que fará as vezes de elemento cênico ao longo dos cerca de 45 minutos de espetáculo – cada um com duração média de nove minutos. No centro desses espaços, ficará o público, que será beneficiado com um envolvimento/entendimento maior de cada solo. 

                “Acredito que algUMs seja o espetáculo que melhor represente a nossa proposta e identidade, de ser uma Cia. contemporânea de experimento com intérpretes criadores, e não bailarinos repetidores”, observa o diretor do espetáculo e fundador, Matheus Brusa. Nesse caso, os intérpretes criadores ocupam uma faixa etária de 17 a 26 anos e atendem pelo nome de Natália Colombo, Isadora Martins, Daiane Kerber, Diego Santos e Cibele Biasus Stédile. Com o esteio da Cia., cada um desenvolveu sua pesquisa de acordo com suas características, vivências e linguagens corporais. “Os bailarinos são intérpretes criadores, que a gente amadurece. O espetáculo tem a assinatura dramatúrgica e estética da Cia., porém sem que ela limite a assinatura dramatúrgica e estética de cada intérprete”, explica Brusa.

                A trilha sonora de algUMs, dirigida e alinhavada por Lázaro Nascimento, é eclética e obedece à proposta individual de cada ato. Há desde as batidas da psytrance até sons corporais e minimalistas, atendendo aos diferentes temas abordados. AlgUMs é financiado pela prefeitura de Caxias do Sul, por meio do Financiarte.

Os atos de algUMs:

A-dentidade Mestiça

Estudo desenvolvido desde o início de 2015, tem como aporte principal reflexões sobre o quanto é abrangente o conceito de identidade na sociedade contemporânea. Através da percepção e utilização de algumas características da psicologia, a intérprete utiliza como figurino alternativo o papel alumínio que, principalmente com recurso de iluminação, sugere reflexão, dando ideia de espelho, oferecendo suporte semiótico de entendimento das questões principais da pesquisa.

Intérprete/Criadora: Natália Colombo

 Sistema Colateral

A pesquisa aborda o funcionamento dos órgãos internos, suas consequências e efeitos quando adoecem, com enfoque no maior órgão do corpo humano, a pele. A obra dispensa trilha, pois a própria intérprete reproduz todos os sons durante sua execução. Estrutura da pele (hipoderme, derme e epiderme). Glândulas sudoríparas responsáveis pela temperatura e glândulas sebáceas pela hidratação e elasticidade. Funções metabólicas, de proteção e sensorial. No ciclo da pele, a célula passa das camadas mais baixas até tornar-se uma célula morta a ser descartada.

Intérprete/Criadora: Isadora Martins

 89,143 semanas

O estudo retrata desde a notícia de confirmação de gravidez da intérprete até o primeiro ano de vida do bebê. A ideia é tornar visível inúmeras características corporais que se alteram constantemente por influência dos hormônios durante e após o período gestacional, assim como procurar retratar qualidades de movimento provindas do bebê. Considerando estes conceitos resulta-se em diversas características e qualidades de movimentos que podem ser percebidas e estruturadas para uma dança contemporânea.  A trilha sonora é multifacetada, tendo inúmeras sonoridades.

Intérprete/Criadora: Daiane Kerber

 Trance

Transe, impulso e tônus muscular. Pesquisa influenciada por danças circulares tribais, meio de reaproximação à dança. Em cada tônus muscular, um tônus mental, quase hipnóticos. Ritual de libertação espiritual momentânea influenciada pelas alterações de frequencia rítmica e cardíaca. Torsões e distorções de frequências corporais e sonoras. Efeitos e defeitos genéticos artísticos e estéticos

Intérprete/Criadora: Cibele Biasus Stédile

 Osteócitos

A obra tem foco na formação, crescimento e degeneração do esqueleto através do acirramento de um fato natural em fase final, a osteoporose. Essa pesquisa iniciou em uma fase onde uma das intérpretes-criadoras da Cia. Matheus Brusa esteve atenta e em recuperação de incidentes devido à fragilidade de sua estrutura óssea. Neste experimento, a direção coreográfica propunha que seus movimentos partissem de pequenos pontos, frágeis, quebráveis e ao mesmo tempo, pilares do apoio para o movimento. Atualmente adaptado à pesquisa na dança contemporânea, associa movimentações e técnicas das danças urbanas.

Intérprete/Criador: Diego Santos

 SERVIÇO

O que: estreia do espetáculo algUMs, da Cia Matheus Brusa
Duração: 45 minutos
Quando: dias 26 e 27 de agosto, às 20h
Onde: Sala de Teatro Prof. Valentim Lazzarotto, junto ao Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho, em Caxias do Sul
Quanto: R$ 10 e R$ 5 meia-entrada
Financiamento: Financiarte – Prefeitura de Caxias do Sul
Apoio: Unidade de Dança – Secretaria Municipal da Cultura

Cia. Matheus Brusa estreia espetáculo algUMs

Comentários

Receba nossa newsletter

Cadastre-se e receba conteúdos relevantes
no seu e-mail.


É rápido, fácil e gratuito.